quinta-feira, maio 21, 2009

Ser o que mais ninguém é...

Ser forte, ser feliz, ser simplesmente.
Ser o que quero e não quero. 
Ser bem comportada ou mal-humorada.
Ser risonha ou chorona. 
Ser um conjunto de memórias e momentos que se saboreia ao recordar.
Ser e não ser.
Ser frágil e nostálgica como uma melodia. 
Ser simples e amável...
Ser o que sou e o que hei-de ser. 

Eu apenas.



1 comentário:

• Juliet disse...

Tu és tu e estás muito bem assim. :)

E, caramba, temos mesmo de perder o juízo. Eu tb já o perdi algumas vezes. xD Por isso é q escrevi aquilo, mas agora vai ter de valer a pena. :'D